Entre  17  e  21/10/2005, o  IBOPE  ouviu  2002  eleitores  em  140  municípios   sobre  a  eleição  presidencial de 2018.Muitos  dirão  que  estamos  ainda  em  2015  e  não  faz  sentido  pensar em  candidatos  hoje .

Em  qualquer  país democrático do  mundo ,a imprensa  e os    INSTITUTOS de  pesquizas  começam  a  tratar  de nova eleição  presidencial  no  dia  seguinte  da  posse  do  eleito .

Uma  pesquiza  hoje  não  interessa  ao  grande  público, mas  é  fundamental  para  a  análise  e  posicionamento dos  comentaristas  políticos,da  mídia falada  e  escrita e  devastadora  ou  estimulante para  os pretendentes .

Seguindo  a  pesquiza    IBOPE  fazemos   os  seguintes  comentários.

A  rejeição  aos postulantes  revela empate  técnico  entre  todos .O  maior  rejeitado  é    LULA, que  atingiu  55%, SERRA  54%,ALKMIN E CIRO  52%, MARINA  50%.Isso  mostra  o  desencanto público  com  os  políticos  em  geral .

Quando  o  eleitor  deve  responder  em  quem  seguramente  votaria, LULA  lidera  com  23%,AÉCIO  15% . MARINA  11%. ALKMIN  7% ,CIRO  4%´

PODEMOS  TIRAR  DUAS  CONCLUSÕES difíceis  de  alteração . 1  NINGUÉM  VENCERÁ  NO  1  TURNO  e  a  definição  no  2%  turno  será  entre  LULA  e  o candidato do    PSDB.

Essa  pesquiza    IBOPE  cria  enormes  dificuldades  para  SERRA ,ALKMIN e  CIRO .

SERRA  precisava  de  melhores números  para derrotar  AÉCIO  na  escolha do  PSDB  ou  se  cacifar  no  PMDB  ou  PSB, se  pretendesse  mudar  de    PARTIDO .Não conseguiu  nem  uma  coisa  nem  outra.  SEU  LUGAR  NA  FILA  DE  PRESIDENCIÁVEIS  o  levou  para a rabeira.

GERALDO  ALKMIN ,saiu  tão  mal  na  pesquiza   IBOPE  que dificilmente  desaloja   AÉCIO  na  indicação  do  PSDB.

O  mais  provável  é  um  segundo  turno  entre    LULA    e  AÉCIO.

A  situação  de    MARINA  NÃO  MERECE  COMENTÁRIOS,Ela  continua  invicta  no  3  lugar  e  lá permanecerá.

Quanto  a CIRO.O   IBOPE  MOSTRA  qaue  sua  candidatura  não tem  nenhum  charme

Related Posts with Thumbnails