A  VEJA desta  semana  cometeu  canalhice  contra  seus  2  milhões  de  leitores .Fez  uma  capa  sensacionalista,colocando   o  rosto  de   LULA  e    chamada  indecente  A  VEZ  DELE.

Na  matéria,  diz  que  um  executivo da    OAS, íntimo  amigo  de    LULA, teria  procurado  o    MINISTÉRIO  PÚBLICO  para fazer delação  premiada, entregando  provas acachapantes  contra   .LULA  e  seu  filho  e  publica  páginas  com provas  que    LULA   é corrupto e  comeu  toco  do  dinheiro roubado  da   PETROBRÁS.

As  provas  são  cópias  de   depósito da  OAS  ao  INSTITUTO  LULA,  propina que teria  sido  paga a  uma  antiga  namorada  de  LULA. para calar  o  bico e não  revelar  as falcatruas feitas  por  ela  em  favor  de  LULA,quando chefiava a representação da  PRESIDÊNCIA  DA  REPÚBLICA   em  SÃO PAULO.

 

 

Outras  provas acachapantes foram  consertos  e melhoria   em      sítio  rural  de  LULA feitos  pela   OAS, que  também pagou  dívida  de  apartamento de   LULA , junto  a  uma  cooperativa que  faliu e  enganou milhares de pessoas que nunca  receberam os  imóveis comprados .

Sou assinante da  VEJA ,li  atentamente a matéria  e  imediatamente constatei  que  se   tratava do que   na  linguagem  da  mídia ,chama-se  imprensa  marrom  ,quando  um  jornal  ou  revista pública  matérias  indecentes e  criminosas contra pessoas  ou  instituições.

Não  encontrei  nenhuma  das  provas  indecentes e  de maracutaias  contra  o  filho  de  LULA.

A  mesma  VEJA também  coloca  a  foto  do  senador  ROMÁRIO ,RJ , ex craque  de  futebol  que  seria  possuidor   de imensa  fortuna,em  conta  secreta na  SUÍÇA .

Não  se passaram  nem 24  horas  dessas  indecências  da  revista  VEJA  e  a  imprensa divulga  hoje, nota  do  SUPERINTENDE  DA  OAS,  gerente  ALDEMÁRIO   PINHEIRO ,desmentindo  a VEJA e  afirmando  que  nunca  procurou o  MINISTÉRIO  PÚBLICO  para fazer  delação  premiada contra  LULA  e seu  filho .

A  imprensa  também  publica  nota  do  a SENADOR ROMÁRIO , afirmando  que  constituiu  advogado  para  processar  a revista   VEJA, de  quem  vai  cobrar  indenização  por  danos  morais .

Quando  li  a matéria ,constatei  que  todos  os  fatos  narrados  era  matéria requentada ,já  publicada  várias vezes na imprensa ,muitas foram  alvo  de investigações que nunca incriminaram  LULA .

A única coisa verdadeira da matéria, são  os recibos  de doações ao   INSTITUTO LULA, igual  as doações  feitas pela  OAS  ao  INSTITUTO  FHC ,JOSÉ SARNEY  e  TANCREDO  NEVES, do PSDB.

NÃO  AFIRMO  QUE  A  REVISTA VEJA FOI  DESMORALIZADA  ,PORQUE  HÁ  MUITO TEMPO  É   UMA PUBLICAÇÃO INDECENTE E  DESMORALIZADA

Related Posts with Thumbnails