É  muito  fácil fazer  severas  críticas  a  chamada  reforma  política, aprovada pelos  deputados em  1 turno,dependendo  de  uma  segunda  votação  e  uma apreciação  pelo  SENADO  que  pode  rejeitar  tudo ou  modificar.Nesse caso  tudo  volta  a    CÂMARA  DOS   DEPUTADOS , para  começar  tudo  de novo .

É  VERDADE  que  o  principal  problema  não  foi  resolvido. Excessivo número  de    PARTIDOS.Não  há  solução  mágica  para  resolver esses  problemas.  SÓ  EXISTEM  DUAS .Estabelecer  o  fim  de  coligações  para  cargos  legislativos  e exigir  que  o PARTIDO  só  tenha  acesso ao  rico  fundo  partidário  e  a  tempo  de  TV ,conseguindo um  mínimo  de  votos  para  a  CÂMARA  DOS  DEPUTADOS, distribuídos  em  um  mínimo  de  um  terço de  ESTADOS  DIFERENTES.

Qualquer  solução  diferente  é  um  emplastro que  só  agrava  o  sistema  político .O  BRASIL  É ACOMETIDO DE ‘UM  GRANDE  MAL .POLÍTICOS  SEM  VOTOS são  donos  de  livros  de  atas ,com  partidos  registrados no  TSE ,que  eles  apelidam  de  nanicos, mas  sem  nenhuma  presença  efetiva  na  vida  social .São  os  remanescentes  de algo  que  morreu  com  a  queda  do  Muro  de    BERLIM.OS  CHAMADOS PARTIDOS  COMUNISTAS   que  alguns  envergonhados  apelidam  de pos  comunistas  e  vivem  as  custas deles.Outros  tem  apenas  o  nome  de  relevantes  movimentos  políticos da  sociedade  moderna, como  os  chamados verdes,defensores  do  meio  ambiente .

Os verdes  existem  em  todas as  democracias ,mas  em  lugar  nenhum  tem  alguma   LEI  obrigando que  eles  recebam dinheiro  público e  tenham  acesso  a    TV ,SEM  VOTOS .

Por  isso  a reforma  política  temporariamente   aprovada, consagrou  a  continuidade de  coligações  proporcionais  e  passou  a  exigir apenas  a  eleição  de  1  deputado  e    1  senador  para  meia  dúzia  de  desocupados ,donos  de  livros  de  ata  possam  roubar  o  dinheiro  público, através  do    FUNDO  PARTIDÁRIO  e  ter  tempo  de  TV    para  encher  nosso  saco .

ESSE  PODE  NÃO  SER  O  BRASIL  QUE  QUEREMOS MAS  É  O  QUE  EXISTE.

Outra  questão  controvérsia é  dinheiro  privado financiar  ´políticos.Nenhum  rico  financia  político  por  simpatia  e  caridade.FAZ UM  INVESTIMENTO  e  quer  retorno.

O  PRESIDENTE  DA  CÂMARA  passou  por  cima  do  regimento  fez  nova  votação de  uma  matéria que  tinha  sido  derrotada .APROVOU  TROCANDO  COM PARTIDOS  DE  LADRÕES, CHAMADOS  NANICOS. a liberdade  coligações  partidárias  pelo  apoio  ao  financiamento  empresarial  de    PARTIDOS  POLÍTICOS.PASSOU  PERFUME  EM  MODESS  USADO .

A  grande  vítima dessa  bagunça  imoral foi  a    REELEIÇÃO .Só  faltou  ser  unânime  a  aprovação  do  seu  fim .Depois da  besteira  feita,constatam  que  permaneceu  um  mandato  de  4  anos  para    PRESIDENTE, insuficiente  para  um  PAÍS  acostumado  a  conviver  com  o    PRESIDENCIALISMO  que  exige  o    PRESIDENTE  SER  O  COMANDANTE  POLÍTICO  DO  PAÍS .

AGORA  QUEREM  CORRIGIR  FAZENDO  UM  NOVO EMPLASTRO  MALCHEIROSO . TODOS  OS  MANDATOS  TERIAM  5  ANOS  DE  DURAÇÃO .MANDATO  DE  DEPUTADO,VEREADOR seriam  acrescidos, nas novas eleições um  ano .SURGE  OUTRO  PROBLEMA.COMO  FICAM  OS  SENADORES  que  hoje  tem  mandatos  de  oito  anos.DIMINUE  PARA  CINCO ?OS SENADORES  VÃO  TER  APROVAR  ESSA  DIMINUIÇÃO.O  QUE  É IMPOSSÍVEL .

CONTINUA  O  NÓ

 

Related Posts with Thumbnails