CHAMA-SE ANENCÉFALO ,UM FETO NO VENTRE MATERNO DESPROVIDO DE CÉREBRO .TECNICA E CIENTIFICAMENTE NÃO ESTAMOS DIANTE DE UM EMBRIÃO COM VIDA MAS DIANTE DE UM TUMOR .

QUANDO MORREMOS ,O FATO MORTE SÓ OCORRE QUANDO OCORRE A MORTE CEREBRAL .UM CORPO PODE CONTINUAR COM CORAÇÃO BATENDO ,O SANGUE CIRCULANDO , TUDO COM AJUDA DE APARELHOS MAS SE O CEREBRO MORREU A VIDA ACABOU .

ESSA NÃO É UMA QUESTÃO RELIGIOSA OU IDEOLÓGICA .NÃO EXISTE VIDA SEM CEREBRO .

ATRAVÉS DE MEIOS MÉDICOS QUALQUER CASAL PODE TER CONHECIMENTO DO SEXO DO BEBÉ QUE AINDA VAI NASCER E DA FORMAÇÃO DO SEU CORPINHO E IDENTIFICAR QUE TODOS OS MEMBROS ESTÃO PERFEITOS , PROBLEMAS CARDÍACOS INTRA UTERINOS E SOBRETUDO CONSTATAR NO EMBRIÃO O CÉREBRO .

A NÃO EXISTENCIA DO CEREBRO MOSTRARÁ QUE A GESTANTE DARÁ A LUZ A UM SIMPLES PEDAÇO DE CARNE EM FORMAÇÃO E NUNCA UMA VIDA .

SE OS PAIS E SOBRETUDO A MÃE DECIDE RETIRAR ESSA ANOMALIA , TECNICAMENTE NÃO É UM ABORTO . NO ABORTO A GESTANTE RETIRA DO SEU CORPO UMA VIDA EM FORMAÇÃO O QUE NÃO É O CASO.

LEVAR O SUPREMO TRIBUNAL A PERDER TEMPO COM UMA QUESTÃO DESSA ORDEM POR RAZÕES RELIGIOSAS TRANSFORMA AS RELIGIÕES EM ALGO
ANACRÔNICO E CONSTITUE UM ACINTE A SOCIEDADE .

Related Posts with Thumbnails