Na teoria da guerra os exércitos são divididos entre os que fazem a guerra, e o exército que ocupa o PODER. São duas duas tropas diferentes. Quem faz a guerra nunca ocupa o poder. Este principio vale sobretudo para as revoltas populares contra os ditadores. A população que ocupa as ruas, como ocorre no EGITO, geralmente é desorganizada e uma vez derrubado o governante, acordos políticos nacionais e internacionais escolhem os novos dirigentes. Dirigentes da ordem antiga, sobretudo militares se entendem com as novas lideranças e organizam a transição. Tem sido assim em todos os países aonde ocorreram violentas manifestações. Claro que há exceções para confirmar a regra . Cada povo tem sua própria história.

Related Posts with Thumbnails