Em vez de torrar ao sol e se expor aos efeitos nocivos, vá buscar aquele 'ar saudável' de praia na farmácia mais próxima

Em vez de torrar ao sol e se expor aos efeitos nocivos, vá buscar aquele 'ar saudável' na farmácia mais próxima

É um truque para não chegar à praia no estilo branco total. E o único bronzeamento seguro, para os médicos.

Os autobronzeadores são os queridinhos dos dermatologistas por dar cor de verão sem submeter a pele aos riscos da exposição ao sol e das câmaras de bronzeamento.

A mágica acontece por uma reação química. Os autobronzeadores contêm uma substância chamada dihidroxiacetona (DHA), que interage com a queratina da superfície da pele e se oxida, produzindo uma substância amarronzada.

A quantidade de DHA varia de 5% a 15% nos produtos, diz a dermatologista Denise Steiner, editora da revista “Surgery and Cosmetics Dermatology”, da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Os autobronzeadores com maior concentração da substância dão uma coloração mais rápida, em poucas horas. Em compensação, podem manchar mais a pele na aplicação.

Há também os hidratantes tonalizantes. Com menor concentração de DHA, colorem a pele de forma progressiva e sutil. Devem ser usados diariamente. O bronzeado pode demorar alguns dias para aparecer.

“Esses produtos não são tóxicos, não penetram na pele e são pouco alergênicos”, afirma Steiner.

Mesmo assim, antes de começar a usar um autobronzeador, faça um teste numa área pequena e escondida do corpo, como a parte interna da coxa, para se certificar de que você não é sensível ao produto e não vai ter alergia.

ESFOLIAÇÃO

Se der tudo certo nessa primeira prova, o ideal, de acordo com o dermatologista Sérgio Schalka, é fazer uma suave esfoliação um dia antes da aplicação do
produto. “Para que não haja manchas e a cor fique igual em todo o corpo, a pele precisa estar o mais uniforme possível”, diz.

Capriche na esfoliação das áreas mais escuras e grossas como joelhos, tornozelos, cotovelos e pés. Ao passar o produto, use quantidade menor nesses locais, mais fáceis de manchar, por causa das dobras e do excesso de pele.

PASSO A PASSO

É possível que seu navegador não suporte a exibição desta imagem.

1) Prenda os cabelos e coloque luvas descartáveis para não manchar as mãos. Inicie pela perna, de baixo para cima. Aplique em uma, então na outra.

2) Use menor quantidade nos cotovelos, joelhos, tornozelos e pés. Aplique na barriga e depois nos braços. Passe em um braço de cada vez.

3) Aplique o autobronzeador no pescoço e no rosto em quantidade menor. Há produtos específicos desse tipo só para a face, se preferir.

4) Peça para alguém passar nas suas costas para a cor ficar uniforme. Espere secar por três horas (produtos com mais DHA) ou 15 min (tonalizantes)

*

PERGUNTAS E RESPOSTAS

Quais cuidados tomar antes de passar o produto?

A pele precisa estar bem seca, de preferência esfoliada, depilada e sem machucados.

E se manchar na aplicação?

Aguente, espere desbotar.

Quanto tempo dura a cor?

De três a dez dias, no caso de produtos com alta concentração.

Posso passar o autobronzeador antes de tomar sol?

Sim, mas ele não substitui o protetor solar.

E depois de tomar sol?

Não há problemas em passar depois, mas, logo depois de tomar sol, o melhor é usar um hidratante comum. Se a pessoa quiser, pode passar o autobronzeador à noite, antes de dormir.

Posso passar mais uma camada se a cor ficar fraca?

Não, uma segunda camada de produto pode deixar a cor irregular.

É preciso deixar secar por quanto tempo?

Espere de duas a três horas para colocar roupa, tomar banho ou praticar exercícios.

O uso contínuo pode fazer mal à pele?

A pele pode ressecar e sofrer alergia.

Qual a diferença entre o autobronzeador em creme, spray e gel?

O creme é indicado para peles secas; o spray e o gel são melhores para peles oleosas. Mas uma pessoa com pele oleosa pode usar loção. Depende de como a pele reage a cada produto.

Folha Online

Related Posts with Thumbnails