Reprodução

Parceiros estariam envolvidos na divulgação dos vídeos

Uma onda de vídeos com cenas íntimas reais de mulheres com seus parceiros está tomando a Índia. Eles estão sendo comercializados sem o conhecimento ou o consentimento das `protagonistas`. No estado de Orissa, as autoridades estão promovendo uma campanha contra o produto.

Uma estudante da cidade de Cuttack se suicidou depois de descobrir que um vídeo com suas imagens estava sendo vendido como se fosse material pornográfico. Outra jovem, de 22 anos, também cometeu suicídio em uma cidade próxima. Não se sabe exatamente como os comerciantes estão adquirindo as imagens, mas é quase certo que os parceiros das mulheres são os culpados.

Os vídeos têm sido comercializados no mercado negro e na internet. Organizações não governamentais e grupos de advogados indianos exigem que o governo atue com severidade e puna exemplarmente os envolvidos.

Do Site POP

Related Posts with Thumbnails