Chegar com programação numa metrópole como NY é tão importante quanto levar sapatos confortáveis.

Há uma infinidade de roteiros possíveis para tirar uma boa fatia de Nova York. A seguir, veja sugestões e sites de uma programação de quatro dias na Big Apple (site: nycgo.com).

Dia 1

Comece pela famosíssima Times Square (entre a 6ª e a 7ª avenidas e intersecção com a Broadway). Dali, estará a uma quadra da também essencial Quinta avenida. Para chegar aos quarteirões mais famosos, rume para o norte. Na altura da rua 49, vai encontrar um ícone, a butique Saks Fifth Avenue (saksfifthavenue.com), e, no quarteirão seguinte, a catedral St. Patrick (diariamente, das 6h30 às 20h45). Devore um cachorro-quente de rua e reserve parte da tarde ao MoMA – Museum of Modern Art (rua 53 com 5ª av.; das 10h30 às 17h30; sáb. até as 20h; fecha às ter.; US$ 20).

Times Square é local de teatros e diversão noturna em Nova York

Times Square é local de teatros e diversão noturna em Nova York - Silvio Cioffi/Folha Imagem

A pequena livraria-tesouro Rizzoli (rua 57 oeste com 5ª av.; rizzoliusa.com), a loja de brinquedos F.A.O. Schwarz (5ª av. com rua 58; fao.com) e a de eletrônicos Apple Store (5ª av., entre ruas 58 e 59) são bons passeios para compras. Termine o dia caminhando pelo Central Park.

Dia 2

Passe o dia no entorno do Central Park. Vale provar o brunch do Sarabeth’s (av. Central Park South, entre 5ª e 6ª av.; tel.: 00/xx/212/826-5959; www.sarabethscps.com). Do lado direito do parque, na altura da rua 82, está o Metropolitan Museum of Art ( das 9h30 às 17h30; sex. e sáb., até as 21h; fecha seg.; www.metmuseum.org; tel.: 00/xx/212/535-7710; US$ 20), que possui um dos maiores acervos de arte do mundo. Mais para frente, na esquina com a rua 88, fica o museu Guggenhein (das 10h às 17h45; sáb. até as 19h45; fecha às qui.; entrada: US$ 18; www.guggenheim.org).

Central Park é o pulmão da metrópole; local convida turista a caminhadas

Central Park é o pulmão da metrópole; local convida turista a caminhadas - Bebeto Matthews/AP

Para fazer uma boquinha, há um restaurante despretensioso, mas com bons vinhos, atrás do museu, o E.A.T. (Madison av., entre ruas 80 e 81, tel.: 00/xx/212/ 772-0022). Prove a quiche de siri, por US$ 19. Depois, é só escolher se a caminhada de volta será pelo Central Park ou pela própria avenida Madison, cheia de lojas.

Dia 3

No SoHo, perca-se pelos pequenos cafés e lojas alternativas. O pontapé inicial pode ser a Magnolia Bakery (Bleecker st com Bank st; tel.: 00/xx/212/ 462-2572), cujos muffins ficaram famosos por causa da série “Sex and The City”. Você já estará na rua mais divertida, a Bleecker. É só bater perna por ela até a avenida West Broadway.

Interior da Apple Store, no badalado SoHo novaiorquino

Interior da Apple Store, no badalado SoHo novaiorquino - Seth Wenig/AP

Experimente um brunch bem novaiorquino no restaurante Five Points (rua Great Johns, 31, com Broadway; tel.: 00/xx/212/253-5700; US$ 18 por pessoa).

Siga até a avenida The Bowery, onde abriu recentemente o ousado New Museum (em frente à rua Prince; das 12h às 18h; sex. e sáb. até as 21h; fecha às seg. e ter.; US$ 12). O quarteirão em frente ao museu é a parte interessante de outro pequeno bairro por onde vale andar, o Nolita.

Para a noite, a pedida é o Meatpacking district. A região, onde antigamente funcionavam frigoríficos, foi restaurada e tornou-se um “point hype”, cheio de restaurantes e baladas do momento. Novaiorquinos adoram o francês Pastis (9th av. com 12th st.; tel.: 00/xx/212/929-5676; o coq au vin custa US$ 24).

Dia 4

Faz parte visitar o Ground Zero, local onde ficavam as Torres Gêmeas. No térreo do edifício World Financial Center (rua Vesey, 220), na face voltada para o rio Hudson, fica a lanchonete P.J. Clark’s. Boa pedida para o almoço pelo hambúrguer aclamado e pela vista, que tem bem ao fundo a estátua da Liberdade.

Ground Zero marca o local onde ficavam as Torres Gêmeas, destruídas nos atentados terroristas de 2001

Ground Zero marca o local onde ficavam as Torres Gêmeas, destruídas nos atentados terroristas de 2001 - Henny Ray Abrams/Efe

Ground Zero marca o local onde ficavam as Torres Gêmeas, destruídas nos atentados terroristas de 2001

Ground Zero marca o local onde ficavam as Torres Gêmeas, destruídas nos atentados terroristas de 2001 Foto:Henny Ray Abrams/Efe

Caminhar pela esplanada do Battery Park, à beira do rio, é um bom jeito de chegar até esse cartão-postal, que fica em uma ilha bem ao sul de Manhattan. Dá para pegar uma balsa até ela, que sai do píer do Battery Park e chega em 15 minutos, por US$ 8 (statuecruises.com).

Ao sul fica ainda o centro financeiro, Wall Street. É em uma travessa da avenida West Broadway que você encontra a New York Stock Exchange (Bolsa de Valores de Nova York), o Federal Reserve Bank (Banco Central Americano) e a Trinity Church.

Para finalizar, confira um espetáculo da Broadway. Entre os destaques do ano, a nova montagem do musical “Hair” (Al Hirschfeld Theatre, 302 W 45th St; hairbroadway.com).

ISABEL MALZONI
colaboração para a Folha de S.Paulo

Related Posts with Thumbnails